GASOLINA EM MIGUEL PEREIRA, COINCIDÊNCIA OU CARTEL???!!!


GASOLINA EM MIGUEL PEREIRA, COINCIDÊNCIA OU CARTEL???!!!

Foto : internet


Data : 27/07/2017 19:53
Cidade:MIGUEL PEREIRA
Cliques : 5333
Secao:noticias

Em meio à polêmica do aumento dos combustíveis autorizada pela Petrobrás na semana passada, quando a gasolina teve aumento de 1,4% e o diesel 0,2% nas refinarias a partir do último sábado (22), o que fez com que o consumidor sentisse no bolso o aumento do preço nas bombas já na sexta-feira (21), os moradores de Miguel Pereira e da vizinha Paty do Alferes tem ainda mais motivos para indigna


ção: o alto preço praticado pelos postos da região.

Passando por todos os postos das duas cidades, o que podemos ver nas bombas é praticamente o mesmo valor pelo litro da gasolina, uma pequena variação entre R$ 4,63 e R$4,65. Se compararmos os preços praticados por aqui com o de outros municípios do Estado do Rio podemos ver que Miguel Pereira paga muito caro para encher o tanque, não muito longe daqui, em Teresópolis, o litro da gasolina pode ser encontrado à R$ 4,23. Quando comparamos com outros Estados a diferença é ainda maior, em Amparo, interior de São Paulo, o valor do combustível em uma promoção chega a R$ 2,99. Por que então temos que pagar tão caro pelos combustíveis em geral? Sempre que questionamos o abusivo preço cobrado, nos deparamos com justificativas como a dificuldade e o custo do transporte do combustível até as bombas de uma cidade do interior como a nossa porém, vemos lugares aonde o acesso é muito mais difícil, cobrando preços muito menores pela gasolina, o GNV , diesel e até mesmo pelo Etanol. Além de cara, a gasolina miguelense quase nunca está passando por uma promoção. O nosso consumidor nunca tem a opção de pagar mais barato neste ou noutro posto.

Mediante a tudo o que temos visto, não seria de se estranhar que os consumidores da região passem a desconfiar serem vítimas de uma CARTEL, prática proibida por Lei, onde empresas individuais reúnem-se e acordam valores para seus produtos e serviços. Tal infração age na contramão do Código de Defesa do Consumidor que visa garantir a livre pesquisa de mercado.

O fato é que, se as suspeitas de formação de cartel não podem ser facilmente confirmadas e os preços nas bombas da região ao que parece continuarão a passar por esta infeliz coincidência, nós consumidores continuaremos a pagar um preço abusivo pelos combustíveis oferecidos em nossa região.









Rua Dr. Osório de Almeida, 52 Governador Portela - Miguel Pereira-RJ (24) 2484-6155 | (24) 98111-0534 | falecom@jornalserranews.com.br


© Copyright 2017 | Jornal Serra News OnLine

DESENVOLVIDO POR :
www.riobrasil.net - www.riobrasil.com.br -