GASOLINA EM MIGUEL PEREIRA, COINCIDÊNCIA OU CARTEL???!!!

noticias

GASOLINA EM MIGUEL PEREIRA, COINCIDÊNCIA OU CARTEL???!!!

Preço alto do combustível no município deixa os consumidores sem opção




GASOLINA EM MIGUEL PEREIRA, COINCIDÊNCIA OU CARTEL???!!!
Foto : internet
Data : 27/07/2017 19:53 | Cidade:MIGUEL PEREIRA | Cliques : 5804 | Secao:noticias

Em meio à polêmica do aumento dos combustíveis autorizada pela Petrobrás na semana passada, quando a gasolina teve aumento de 1,4% e o diesel 0,2% nas refinarias a partir do último sábado (22), o que fez com que o consumidor sentisse no bolso o aumento do preço nas bombas já na sexta-feira (21), os moradores de Miguel Pereira e da vizinha Paty do Alferes tem ainda mais motivos para indignação: o alto preço praticado pelos postos da região.

Passando por todos os postos das duas cidades, o que podemos ver nas bombas é praticamente o mesmo valor pelo litro da gasolina, uma pequena variação entre R$ 4,63 e R$4,65. Se compararmos os preços praticados por aqui com o de outros municípios do Estado do Rio podemos ver que Miguel Pereira paga muito caro para encher o tanque, não muito longe daqui, em Teresópolis, o litro da gasolina pode ser encontrado à R$ 4,23. Quando comparamos com outros Estados a diferença é ainda maior, em Amparo, interior de São Paulo, o valor do combustível em uma promoção chega a R$ 2,99. Por que então temos que pagar tão caro pelos combustíveis em geral? Sempre que questionamos o abusivo preço cobrado, nos deparamos com justificativas como a dificuldade e o custo do transporte do combustível até as bombas de uma cidade do interior como a nossa porém, vemos lugares aonde o acesso é muito mais difícil, cobrando preços muito menores pela gasolina, o GNV , diesel e até mesmo pelo Etanol. Além de cara, a gasolina miguelense quase nunca está passando por uma promoção. O nosso consumidor nunca tem a opção de pagar mais barato neste ou noutro posto.

Mediante a tudo o que temos visto, não seria de se estranhar que os consumidores da região passem a desconfiar serem vítimas de uma CARTEL, prática proibida por Lei, onde empresas individuais reúnem-se e acordam valores para seus produtos e serviços. Tal infração age na contramão do Código de Defesa do Consumidor que visa garantir a livre pesquisa de mercado.

O fato é que, se as suspeitas de formação de cartel não podem ser facilmente confirmadas e os preços nas bombas da região ao que parece continuarão a passar por esta infeliz coincidência, nós consumidores continuaremos a pagar um preço abusivo pelos combustíveis oferecidos em nossa região.




























Rua Dr. Osório de Almeida, 52 Governador Portela - Miguel Pereira-RJ (24) 2484-6155 | (24) 98111-0534 | falecom@jornalserranews.com.br


© Copyright 2017 | Jornal Serra News OnLine

DESENVOLVIDO POR :
www.riobrasil.net - www.riobrasil.com.br -